31 de jan de 2010

Mão na massa!!!

Hello World!


Hehe... tentei uma piadinha..rsrs
Me desculpem pessoal, esse post teve de ser editado no domingo, e não pude recolocá-lo durante o dia. Hoje vou apresentar para vocês o modo interativo do Python.  E como esse post eu escrevi domingo, o artigo vai ser menorzinho.
Vamos lá, primeiramente vamos instalar o Python. Se você estiver num Linux (Deus queira que esteja), o Python é nativo =D. Agora, se você estiver naquele programinha que começa com W, vamos ter que instalar mesmo. Vá no site do Python e baixe a versão 2.6.4, depois os passos são simples “Next-Next-Next-Finish”.
Se tudo ocorreu bem, digite “python” no terminal de comando para começar a brincadeira.


Se for necessário a adição do Python nas variáveis de ambiente do SO, clique nos links a seguir de acordo com o seu SO: Linux  | Windows

O modo interativo não é exclusividade do Python, mas é um recurso muito legal, principalmente para teste e estudos. Tudo o que é feito nele se limita apenas àquela instância do interpretador. Isso mesmo, assim que o terminal/prompt for fechado, tudo será destruído.
Agora é sua vez, abra o modo interativo e digite “print 'Hello World'”. Com isso, você acaba de criar seu primeiro programa em Python! O que aconteceu aqui foi a chamada do comando “print”.

No Python 3 o print é uma função, metodo, como preferir. Nas versões anteriores o print é uma palavra reservada, ou seja, como mencionado acima, é um comando do Python. Falando nas palavras reservadas vou dar uma breve passada nesse assunto.

O Python 2.5.2 conta com 31 palavras reservadas. E elas são:
and        del        from        not        while
as         elif       global      or         with
assert     else       if          pass       yield
break      except     import      print
class      exec       in          raise
continue   finally    is          return
def        for        lambda      try
Brinque a vontade, faça muitos prints e muitas operações matemáticas. Por enquanto, seria legal que você pegasse familiaridade com o modo interativo. Agora, se você achou feio e queria usar aquele seu amado editor de texto ou, até mesmo, aquela sua IDE preferida, basta você criar um arquivo e salvar com a extensão .py. Com isto, você poderá escrever seu código Python e apenas compilá-lo no seu terminal, com o seguinte comando:

python NomeDoSeuArquivo.py


Bom pessoal, sei que foi simples, mas como eu disse dominguera... complicado rsrsrs....
Na próxima vou falar mais da sintaxe do Python. Espero que tenham gostado, como sempre espero por críticas e sugestões.

Abraços!!!

Um comentário:

  1. Tem um problema que muitos novatos passam, na hora de executar um script, você deve estar na pasta onde o script foi salvo, outro erro comum é tentar usar o terminal como o interpretador python, e executam o script e logo depois tentam chamar a função definida o script no propio terminal. Vou tentar fazer o Felipe criar um post sobre esses erros basicos, mas que afetam muitos iniciantes.

    ResponderExcluir