28 de jan de 2010

Um pouco de história

Vou começar falando da historia,depois entrarei na filosofia, estrutura, etc. Enfim vou fazer um overview, um joguinho de datas. Nada que você mesmo não consiga com uma simples pesquisa no google =D

O berço do Python foi o Instituto de Pesquisa Nacional para Matemática e Ciência da Computação(CWI), em 1989 nos Países Baixos mais precisamente. O nome do cérebro por trás é Guido van Rossum.

A idéia inicial era um sucessor do ABC que tivesse tratamento de exceções, uma comunicação através de scripts com o Amoeba SO e aumentar a produtividade dos programadores. Isso por que a linguagem ABC não tinha importantes funcionalidades, que o pessoal da CWI estava precisando.

Em 1991 foi publicada a primeira versão(0.9.0), na qual já abrangia classes com herança, tratamento de exceções, funções e tipos de dados (list, dict, str, etc).

Em 1994 foi formado o principal fórum de discussão do Python. No mesmo ano, a versão 1,0 foi lançada. Nela já estava incluída os recursos lambda, map, filter e reduce.

Em 1995 foi incorporado os parâmetros nomeados, suporte a números complexos e uma forma de encapsulamento.

Na versão 2.0 foram implementados list comprehension e garbage collection.

Após algumas mudanças na licença, na versão 2.1, toda a especificação era da Python Software Foundation(PSF). E isso incluiu a mudança na especificação para suportar escopo aninhado.

Em 2002 foram unificados os tipos de Python (escritos em C e classes escritas em Python). O que deixou o modelo de objetos do Python fortemente orientado a objetos. Generator também foi incluso nesta versão.

A biblioteca padrão e as escolhas sintáticas foram influenciadas pelo Java. Alguns casos são: o pacote logging (versão 2.3), o analisador sintático SAX (versão 2) e a sintaxe de decoradores que usam '@' (versão 2.4).

Em 2008 foi lançada a versão 2.6, mas com o olho na versão 3.0. Nesta versão foram incluídos multiprocessamento, JSON, I/O e uma nova formatação de cadeias de caracteres. No final do mesmo ano, a versão 3 saiu, apelidada Python 3000. Esta nova versão teve a compatibilidade quebrada com as versões 2.x. Motivo simples, corrigir falhas e fazer uma limpeza das versões mais antigas.

As principais mudanças, da versão 3.0, foram: mudança da palavra reservada 'print', que agora é função (No Pyhton 2.6, isso era possível assim: from __future__ import print_function) e a mudança para Unicode de todas as cadeias de caracteres.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Python#Hist.C3.B3ria


Bom pessoal, por hoje é isso. Espero que tenham gostado.

Como é minha primeira experiência com esse tipo de trabalho, gostaria muito de criticas. Pois creio que o ser humano só pode evoluir se for criticado.

Um comentário: